Noticias Generales
Produtores de arroz pedem intervenção do governo no âmbito do Mercosul

 

Semelhante ao processo de suspensão da importação de leite do Uruguai, iniciativa poderia ser implementação de cotas ou distribuição de vendas do produto ao longo do ano Depois da medida tomada em favor do leite brasileiro, com a suspensão temporária da importação do produto uruguaio, é a vez dos arrozeiros solicitarem intervenção do governo no âmbito do Mercosul. Nesta terça-feira, representantes de entidades estiveram no Ministério das Relações Exteriores.

Segundo Anderson Belloli, diretor da Federarroz-RS, a intervenção solicitada poderia ser a implementação de cotas ou a distribuição das vendas do produto ao longo do ano. – A entrada de arroz uruguaio e paraguaio eleva os efeitos dos custos de produção no Brasil, porque o arroz deles vem com custo menor. É um mercado anticompetitivo – diz Belloli.

Outra possibilidade seria acionar grupo de peritos para determinar o tipo de ação a ser adotada. O processo administrativo costuma se estender por, no máximo, 45 dias.

 

 

FUENTE: MERCOSUL- por Gisele Loeblein - RBS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


©CopyRight 2010 | Todos los Derechos Reservados A.C.P.A.-Asociación Correntina de Plantadores de Arroz - Corrientes - República Argentina.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player